• Pimenta Rosa

A marca Calvin Klein lança campanha com modelos da nova geração da cena LGBTQIA+

Para celebrar o mês do Orgulho LGBT, a famosa marca americana Calvin Klein convidou oito estrelas que representam a nova cara do Movimento LGBTQIA+ para campanha



A icônica marca americana Calvin Klein lançou sua nova campanha de apoio à comunidade LGBTQIA+, em continuidade ao movimento #proudinmycalvins que quer dar fala a novas estrelas do mundo da moda. Dessa vez a Calvin Klein escolheu oito artistas que representam vivências de queer e transexuais e fará doações e parceria de dois anos com a The Trevor Project, a maior organização do mundo em prevenção ao suicídio.


O movimento Proud in my Calvins revisita situações transformadoras que marcaram a vida dos talentos que estampam a campanha, pessoas de diferentes partes do mundo em diferentes momentos de sua jornada. Os artistas realçam o frescor e a modernidade da marca e são ligados à música e à arte. O artista plástico pernambucano Samuel de Saboia foi um dos escolhidos para dar cara ao novo momento Calvin Klein.


Conheça os novos modelos da campanha da Calvin Klein


Samuel de Saboia é brasileiro, queer, afroindígena e circula livremente entre a arte e a moda. O artista foca na necessidade de construir pontes e apoiar a comunidade queer no Brasil.


Honey Dijon é artista americana, DJ e designer de moda, nascida em Chicago e vivendo atualmente entre Nova York e Berlin. Seu novo álbum Black Girl Magic será lançado ainda este ano.


Omar Ayuso nasceu em Madrid e é mais conhecido por seu personagem Omar Shanaa na série de televisão Elite, um thriller espanhol e adolescente.


Arca é uma cantora não binária de Barcelona que adotou o apelido em 2011. Mescla gêneros através da música, performance e pintura.


Isaac Cole Powell é ator e cantor americano e interpretou recentemente o personagem Tony, no espetáculo renovado da Broadway 'West Side Story', vai estrelar a próxima temporada de Modern Love e estará no filme da Universal, baseado no musical Dear Evan Hansen.


Kal Isaiah Jamal é poeta e ativista transexual e se volta às suas próprias experiências como trans e negra. A proposta de seu trabalho é explorar, entender e desconstruir as normas sociais.


King Princess é uma cantora, compositora e produtora do Brooklyn, em Nova York, que teve uma ascensão meteórica depois de lançar seu single '1950', em 2018. Foi por meio de sua mãe, que era estilista, ela se reconheceu na comunidade LGBTQIA+.


Raissa Flowers é uma artista de talentos múltiplos, modelo e musa. Ela se volta a suas origens indianas e experiências em boates da cena queer e underground para reformular como a sociedade enxerga e a beleza e a moda.

7 visualizações