• Pimenta Rosa

Campanha anual do 'Outubro Rosa' começa nesta quinta-feira nas escadarias da Alerj

O Palácio Tiradentes, antiga sede da casa legislativa, que abrigará o Museu do Parlamento fluminense será iluminado de rosa, permanecendo assim até o final do mês


O câncer de mama foi responsável, no último ano, por 11,7% dos novos casos no mundo, com 2,26 milhões de registros, de acordo com estudo elaborado pelo Global Cancer Observatory (GCO). Com o reconhecimento de novas identidades de gênero, pessoas transexuais ou transgêneros precisam ficar atentas à campanha anual do “Outubro Rosa”, mês dedicado mundialmente às ações relacionadas à prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama e de colo do útero.


Nesta quinta-feira (30/09) a Assembleia Legislativa dá início a campanha que tem como tema “Cuido de mim, cuido de todas”, com diversas atividades coordenadas pela Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, presidida pela deputada Enfermeira Rejane. A abertura acontecerá nas escadarias do Palácio Tiradentes, prédio histórico que por mais de 60 anos foi a sede da casa legislativa do Rio de Janeiro.


O Palácio será iluminado de rosa às 18 horas, permanecendo colorido até o final do mês. Já na nova sede, na Rua da Ajuda, haverá caixas de coleta para o recebimento de doações de lenços, perucas e outros acessórios a serem distribuídos posteriormente a instituições de apoio às mulheres com câncer.


A campanha este ano ganha um contorno ainda mais importante: fazer chegar a um maior número de mulheres o incentivo à retomada dos exames regulares e cuidados com a saúde. Com a crise sanitária provocada pela pandemia de Covid-19, em 2020 deixaram de ser realizadas cerca de 800 mil mamografias pela rede SUS, em relação ao ano anterior. E, de acordo com o INCA, a projeção é de que se registre este ano 66.280 casos novos de câncer de mama, situação que, na análise da deputada Enfermeira Rejane (PCdoB-RJ), presidente da CDDM, é muito preocupante:


É urgente que as mulheres voltem a marcar suas consultas, realizando as mamografias, já que o diagnóstico precoce salva vidas. A maioria deixou de procurar os serviços de saúde por medo de contaminação pelo coronavírus e pela suspensão da oferta de atendimento pela rede devido à ocupação das unidades por conta da Covid-19. Os tratamentos foram postergados, o que leva a um risco bem maior de agravamento da doença’.


Veja a programação do “Outubro Rosa, com atividades gratuitas e abertas ao público:


•14/10 – 18:00 horas - virtual

LIVE: “Os Direitos Sociais das Mulheres com câncer”

Doutora Ana Cláudia - INCA II

Dr. Jacir Balen - Mastologista e Diretor do Instituto de Ginecologia da UFRJ


•21/10 – 18:00 horas - virtual

LIVE : "Prevenção para Todes "

Dra. Stephanye Mariano - Ginecologista e Mastologista

Dra. Renata Cangussu - Oncologista especializada em câncer de mama e ginecológico

Enf. Dra. Janaina Pinto Janini - Enfermeira especializada em Gênero e Sexualidade


•29/10 - “Feira Rosa – Saúde da Mulher” (com verificação de pressão arterial, teste de glicose, orientação jurídica sobre os direitos da mulher frente ao câncer e exposição de produtos produzidos por ONGS ligadas à economia solidária).


•31/10 – BEACH SOCCER – “FUTEBOL DA RESISTÊNCIA: Todas contra o Câncer”

25 visualizações