top of page
  • Foto do escritorPimenta Rosa

Cidade do Rio conta com Centro de Acolhimento e Promoção do Combate à Violência LGBTIfóbica

Centro oferece orientação jurídica acontece todas as quartas e sextas, das 14h às 18h, na Avenida Rio Branco, 135, sala 709, no centro do Rio.



A cidade do Rio conta com mais um mecanismo na luta contra a homofobia. Foi inaugurado na Avenida Rio Branco o Centro de Acolhimento e Promoção do Combate à Violência LGBTIfóbica. No local, haverá serviços jurídicos e psicológicos principalmente para aqueles que estão em situação de vulnerabilidade. Quem está à frente do projeto é o Grupo Pela Vidda-RJ, instituição sem fins lucrativos que defende os direitos da população LGBTQIAP+ e de pessoas com HIV/Aids.


O novo centro é uma parceria do Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania, com apoio do programa Rio Sem LGTBIfobia, do governo estadual, e dos canais da prefeitura por meio de assistentes sociais. Também participam psicólogos voluntários, a Clínica Psicanalítica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e o Instituto Brasileiro de Medicina de Reabilitação (IBMR), para trabalhos de grupo terapêuticos e terapia individual.


Também está previsto a realização de curso de cidadania e direitos humanos para a pessoas LGBTQIAP+, profissionais de saúde, segurança e lideranças de ONGs que lidam diretamente com a comunidade, visando gerar conhecimento e capacitar os participantes a conhecerem melhor a legislação, os canais de ajuda e as melhores formas de enfrentamento de situações de agressão e discriminação.


Serviço

Centro de Acolhimento e Promoção do Combate à violência LGBTIfóbica

Local: Avenida Rio Branco, 135. Sala 709. Centro do Rio de Janeiro, capital

Orientação Jurídica: toda quarta e sexta-feira, das 14h às 18h

E-mail: nucleotransvida2020@gmail.com

Telefone: (21) 96894-6921

3 visualizações

Comments


bottom of page