top of page
  • Foto do escritorPimenta Rosa

Documentário ‘Quando ousamos existir’ tem estreia nesta terça-feira, no Cine Brasília

O longa-metragem, com entrada grátis, traz a visão de ativistas das décadas de 1970 e 1980, além de mostrar a trajetória histórica do movimento LGBTI+ brasileiro.



Como parte do projeto ‘Parada do Orgulho LGBTI+ de Taguatinga’, acontece nesta terça-feira (20/12), às 20h30, no Cine Brasília, a estreia do documentário ‘Quando ousamos existir - Uma história do Movimento LGBTI+ Brasileiro’, de Cláudio Nascimento e Márcio Caetano.


O filme é uma produção do Centro de Memórias do Ativismo João Antônio Mascarenhas da Universidade Federal de Pelotas, Universidade Federal do Rio Grande, Universidade Federal do Espírito Santo e do Cine Brasília.


Cláudio Nascimento, militante há mais de 30 anos na luta pelos direitos humanos, cidadania LGBTI e políticas HIV-AIDS, e atualmente presidente do Grupo Arco Íris de Cidadania LGBT, afirma que o evento ‘é um momento especial. De alegria, de ver o trabalho de realização do primeiro documentário sobre a história do Movimento LGBTI Brasileiro’. Para ele, o filme é ‘mais que uma história’, é a constatação de onde a luta os levaram:


‘Só chegamos até aqui no Brasil, porque muitas pessoas antes de nós já estavam lá empunhando a bandeira da liberdade e igualdade de direitos. Esperamos que o documentário contribua para que a comunidade LGBTI+ conheça sua história de resiliência, resistências, lutas e conquistas. Nossa ancestralidade LGBTI+ brasileira é potente e inspiradora’, frisa.



Após a exibição do documentário, haverá debate com a presença dos diretores.

O evento é aberto ao público e gratuito. Os ingressos serão distribuídos por ordem de chegada, mas quem desejar pode confirmar a sua presença no e-mail paradaslgbtdf@gmail.com.




61 visualizações
bottom of page