top of page
  • Foto do escritorPimenta Rosa

Empresas inspiram a equidade de gênero no mercado de trabalho

De programas de aceleração de carreira ao fomento do empreendedorismo feminino, instituições demonstram, pelo exemplo, as diversas alternativas para alcançar um cenário de igualdade.



Com base nos dados da consultoria McKinsey, 48% dos cargos de entrada nas empresas são ocupados por mulheres. No entanto, nos níveis de gerência e diretoria, esse número cai para 35%, chegando a 24% nos cargos C-Suíte. Essas discrepâncias tornam evidente a longa jornada necessária para estabelecer a igualdade de gênero nas empresas, que desempenham um papel crucial nesse cenário. Algumas organizações, no entanto, já se destacam ao propor projetos, comitês e metas que estimulam a equidade e inspiram outras instituições a fazerem o mesmo.


Confira abaixo seis exemplos de iniciativas que têm feito a diferença para mudar esse cenário. São empresas constatam como a equidade de gênero pode ser promovida através de iniciativas concretas, que vão desde programas internos de capacitação e mentorias até ações para inclusão e representatividade em cargos de liderança. Elas não apenas buscam uma mudança interna, mas também inspiram outras organizações a seguirem o mesmo caminho rumo à igualdade de gênero no mercado de trabalho.


1. Grupo HEINEKEN

O Grupo HEINEKEN estabeleceu a meta de alcançar 50% de lideranças femininas até 2026 no Brasil. Até o momento, a empresa registra 37% dessas posições ocupadas. Em 2023, 50% das promoções da empresa para cargos de liderança foram destinadas a mulheres. O grupo possui o programa exclusivo para mulheres, 'Elas Que Brilham', que busca ampliar a presença feminina na liderança de áreas de Produção em até 12 meses. Além disso, o Projeto Mobilidade, de Vendas e Distribuição, aumentou em 20% o número de mulheres nos grupos de Vendas ao trocar motocicletas por automóveis, reconhecendo a necessidade de adaptação para inclusão. Para continuar a promover a equidade de gênero, a marca lançou a campanha 'Verdades Difíceis de Engolir', convidando executivos de alta liderança para provar uma bebida que simboliza a experiência das mulheres no mercado de trabalho.


2. Cielo

A Cielo, referência no setor de meios de pagamento, alcançou 39,6% de mulheres em cargos de liderança até o final de 2023, quase 3 vezes mais que a média do setor financeiro brasileiro. A empresa possui iniciativas como o Programa de Liderança Inclusiva, focado em desenvolver lideranças que promovam a diversidade. O Programa de Mentoria Feminina e o Sementinha, voltado para gestantes, também são destaques. Além disso, o Impulsiona Cielo apoia a equidade de gênero no empreendedorismo com imersões e mentorias técnicas para mulheres negras.


3. Funcional

A Funcional Health Tech, líder em programas de saúde no Brasil, lançou o programa #MulheresEmTech para incentivar a contratação feminina. Atualmente, 56,6% dos cargos de diretoria, gerência e coordenação são ocupados por mulheres. O programa oferece 10 vagas afirmativas na área de tecnologia para brasileiras, incluindo mulheres PCD.


4. 30% Club Brazil

O 30% Club Brazil busca promover a equidade nos Conselhos de Administração das 100 maiores companhias do mercado de capitais até 2026. Desenvolve ações como comitês de inovação e programas de bolsas, reconhecendo empresas com 30% ou mais de mulheres em seus Conselhos de Administração.


5. Semente Negócios

A Semente Negócios apoia empreendedorismo feminino, realizando 7 projetos em 2023 e apoiando mais de 1200 empreendedoras em 115 cidades. Busca evoluir ecossistemas empreendedores, alavancar a inovação para mudanças socioambientais e promover a prosperidade econômica e social.


6. Newa

A consultoria Newa trabalha no desenvolvimento de organizações baseadas na colaboração e respeito. Já ajudou mais de 70 organizações a promoverem diversidade e inclusão, incluindo grandes empresas como OLX Brasil e Itaú. Investe em lideranças compassivas e promove ambientes inclusivos e seguros.

コメント


bottom of page