• Pimenta Rosa

Gamer e Youtuber Buxexa é demitido do Fluxo após comentário transfóbico durante live

Empresa disse que não compactua com discriminação, preconceito e discurso de ódio e se desculpou com a vítima. O gamer Pedro Buxexa chorou nas redes sociais



O gamer, Youtuber e influenciador digital Pedro Henrique 'Buxexa', streamer de free fire, foi desligado neste domingo (20/06) do Fluxo, por causa de comentários transfóbicos durante uma live, quando debochou da influenciadora Marcela Pantaleão. Em nota, a empresa em que Buxexa trabalhava pediu desculpas à vítima e reafirmou que não compactua com discurso de ódio, discriminação e preconceito.


'A Garena não tolera atos de racismo, preconceito, assédio e manifestações de ódio, e espera que streamers, espectadores e jogadores mantenham um bom comportamento dentro e fora dos jogos e transmissões. A empresa é veementemente contra qualquer tipo de má conduta e se solidariza com qualquer pessoa ofendida com o ocorrido. A empresa não apenas se reserva o direito de tomar medidas disciplinares apropriadas, inclusive banimentos, suspensão, ou encerramento e exclusão das contas, como comunica que Rachaxp e Buxexa, envolvidos na recente polêmica, não fazem mais parte do quadro de streamers da plataforma Booyah! e do programa de influenciadores da Garena. Tais ações têm o intuito de proteger a integridade e garantir as melhores condições possíveis aos jogadores, equipes, atletas, patrocinadores e colaboradores', disse em comunicado.


Ao perceber que atravessou a linha entre a opinião e o preconceito, Buxexa afirmou em suas redes sociais que não era sua intenção ofender ninguém e pediu desculpas. Nesta segunda-feira (21/06) ele já afirmou que começará do zero e vai dar a volta por cima.


'Falei algo na zueira em live. Todo ser humano erra, estou com coração aberto a falar que não foi minha intenção tudo isso. Quem me acompanha sabe que tento trazer alegria nas minhas lives', publicou Buxexa, seguido de fotos chorando.

41 visualizações