• Pimenta Rosa

Grande Rio leva para a Sapucaí todas as celebrações de Exu, o dono dos caminhos

Escola promete muita garra e energia na Passarela, já que o samba, que leva a assinatura de Arlindinho, é considerado um dos melhores do Carnaval de 2022



Quando a Grande Rio entrar a Passarela do Samba, na madrugada do dia 24 de Abril, com o enredo 'Fala, Majete! Sete Chaves de Exu', a energia de Exu, o dono dos caminhos nas religiões de matriz africana, estará circulando pela Avenida. O desfile promete muita animação, garra, vigor e a certeza de que a escola tem um dos sambas mais cantados em 2022.


Para os carnavalescos Leonardo Bora e Gabriel Haddad, que possuem um histórico de desfiles emocionantes e de grande impacto, a apresentação da Grande Rio ficará na memória do povo. Para fazer mais um espetáculo, os dois tiveram como base desde o Carnaval Carioca, de Mario de Andrade, um dos ícones da Semana de Arte Moderna, que completou 100 anos agora em fevereiro, até Gilberto Gil, com as obras Serafim e Divino Maravilhoso, que teve parceria de Caetano Veloso.


'Será uma grande celebração dessa entidade, dessa divindade, dessa energia tão potente pra gente pensar as religiões afro-brasileiras e todas as festividades da cultura popular brasileira', explicou Leonardo Bora.


Pepita será destaque


Uma das estrelas do desfile de 2022 será também a cantora e compositora trans Pepita, que foi convidada por David Brazil para abrilhantar a apresentação da escola. Em entrevista ao UOL, ela comemorou o espaço e frisou que é necessário que as escolas abram mais espaço para travestis e transexuais em suas alas. A estrela disse que várias amigas amam o Carnaval, mas temem ir a uma escola de samba e serem discriminadas, daí a sua decisão de aceitar o convite, para mostrar que as escolas de samba são um espaço democrático e acolhedor.


'É um enredo maravilhoso. Eu acredito nessa energia. Já tive algumas provas. Achei maravilhoso. Chegou na minha vida na hora e no tempo certo', afirmou a cantora ao UOL.


Samba emocionante


Gabriel Haddad está muito feliz com a forma que a comunidade da Grande Rio abraçou o samba enredo, escolhido no final de 2021. Cantado a plenos pulmões pelos trabalhadores do barracão e pela comunidade que lota a quadra da agremiação, tanto nos ensaios de alas, quanto nas apresentações na quadra.


Veja aqui o clipe do samba


O ex-carnavalesco Luiz Fernando Reis, em entrevista ao site SRZD, aplaudiu não apenas o samba, mas a iniciativa de mudar a imagem de uma figura tão associada a tudo o que é ruim.


'É um samba muito, muito animado, alegre, conta o enredo, desmistifica essa coisa do Exu, que a gente tem sempre essa imagem do Exu como uma coisa ruim. Tudo de ruim, a gente sempre associou a Exu e esse enredo mostra que Exu é um orixá que merece nosso carinho, respeito. Então, ele torna essa posição sobre Exu bastante interessante', disse Reis.



10 visualizações