• Pimenta Rosa

Justiça de São Paulo nega pedido de Xuxa para retirar programa de Sikêra Jr do ar

A ex-apresentadora Xuxa Meneghel entrou com ação contra o apresentador do Alerta Nacional, da Rede TV!, por comentários após o lançamento do livro infantil de Xuxa



O Tribunal de Justiça de São Paulo negou a ação da ex-apresentadora Xuxa Meneghel de retirar do ar o programa Alerta Nacional, da Rede TV!, com o apresentador Sikêra Jr. No lançamento do livro infantil LGBT de Xuxa, 'Maya', Sikêra disse que com seu livro, a 'Rainha dos Baixinhos' iria levar as crianças 'à travessura, à prostituição e à suruba'.


Imediatamente Xuxa acionou a Justiça, pedindo indenização de R$ 500 mil por danos morais, além da demissão de Sikêra Jr e a retirada do programa Alerta Nacional do ar.


Segundo a Justiça, ao lançar o livro, Xuxa, por ser uma pessoa pública, sabia que estava sujeita a críticas. No despacho do desembargador César Peixoto, ele lembra que existe diferença entre críticas dirigidas à pessoa pública e ofensas graves à honra e à imagem.


Já Sikêra Jr exige indenização de R$ 500 mil, da "Rainha dos Baixinhos' por danos morais, afirmando que sua fala foi uma resposta direta aos ataques que vem sofrendo por suas convicções. Na ação ele diz que não concorda com a ideia de um livro infantil com conteúdo LGBT.

30 visualizações