• Pimenta Rosa

Marcelo Cosme tem tarde de autógrafos de seu livro em São Paulo

O evento será na Livraria da Vila, às 17h, e reunirá não apenas amigos e famosos, mas todos aqueles que batalham pelo combate à LGBTfobia



O apresentador Marcelo Cosme lança, neste sábado (30/04), às 17h, na Livraria da Vila do Shopping Pátio Higienópolis, seu livro Talvez você seja -- Desconstruindo a homofobia que você nem sabe que tem. Além da sessão de autógrafos, ele estará conversando com os leitores e falando de suas experiências.

Sobre o livro

Em seu livro de estreia, Talvez você seja -- Desconstruindo a homofobia que você nem sabe que tem, o jornalista gaúcho e apresentador da GloboNews Marcelo Cosme convida o leitor a uma reflexão, não sobre a própria sexualidade, como uma primeira leitura do título pode sugerir, mas sobre o comportamento preconceituoso que muitos têm sem nem se dar conta:


"Quero te mostrar que nós, LGBTQIA+, estamos aí espalhados, somos o que quisermos ser. E que ‘Talvez você seja’ não mais um de nós, mas preconceituoso e não saiba”, afirma na introdução. A publicação é um lançamento da Editora Planeta.

Escrito em tom de reportagem, o livro traz narrativas pessoais de Cosme, como causos de sua infância, o momento no qual, já adulto, beijou um homem pela primeira vez, a fatídica conversa de revelação com a família e o comentário que fez em rede nacional a respeito de seu namorado, atual noivo, cuja repercussão foi maior do que esperava. A esses relatos em primeira pessoa, somam-se depoimentos de diversos personagens pertencentes à comunidade LGBTQIA+ e entrevistas inéditas com psicólogos, especialistas e personalidades públicas, a exemplo do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e da vereadora de São Paulo, Erika Hilton. O autor traz ainda dados de pesquisas sobre o tema, levantamentos dos direitos conquistados até aqui e um glossário com os principais termos associados a este universo.

Família, trabalho, sexualidade, legislação e representatividade no poder são alguns dos temas que permeiam o livro, cujo objetivo é atingir um público duplo: tanto pessoas LGBTQIA+, em busca de um senso de comunidade e acolhimento, quanto heterossexuais e/ou cisgêneros -- aliados ou não da causa --, mas que procuram informações. Cosme deseja que a leitura seja o estabelecimento de um primeiro diálogo contra o preconceito:


“Talvez você seja alguém disposto a contribuir para que vivamos em um mundo mais tolerante, respeitoso, amoroso, livre e, por que não, mais feliz?!”, conclui o autor.

_

TRECHOS DO LIVRO

“Só quando saí do Rio Grande do Sul e fui morar sozinho em Brasília é que tive a coragem de começar a ser eu. Longe da família parecia ser mais fácil. Perceba que este é um comportamento comum: o LGBTQIA+ se afasta da família para poder experimentar, se descobrir, desvendar seus próprios caminhos. E longe de qualquer julgamento imediato, pensamos que vai ser fácil. Mas não é.”

“Ouvir falas preconceituosas não é confortável, nem agradável. Elas machucam. Às vezes são ditas em uma roda de conversa superanimada, em um encontro feliz, em uma confraternização, uma celebração… Essas falas entram pelos nossos ouvidos, mas a sensação é de um soco no estômago. Uma paralisia imediata.”


FICHA TÉCNICA

Título: Talvez você seja -- Desconstruindo a homofobia que você nem sabe que tem

Autor: Marcelo Cosme

Páginas: 208

Preço livro físico: R$ 44,90

Editora Planeta

SOBRE O AUTOR

Nascido em Rio Grande, no Rio Grande do Sul, Marcelo Cosme é jornalista formado pela Universidade Católica de Pelotas (UCPel) e, por anos, trabalhou cobrindo política em Brasília. Atualmente, apresenta o Em pauta, telejornal de duas horas de duração na GloboNews, de segunda à sexta. Cosme virou notícia ao falar de seu noivo, Frankel Brandão, em rede nacional -- algo que o motivou a escrever Talvez você seja -- Desconstruindo a homofobia que você nem sabe que tem, seu livro de estreia, lançado pela Editora Planeta.

18 visualizações