• Pimenta Rosa

Miss Brasil Gay 2021 será em formato online, com palestras, shows e performances

Evento ocorrerá entre os dias 18 e 22 de Agosto, transmitido gratuitamente pelo canal do YouTube do Miss Brasil Gay Oficial, e fará homenagem ao ativista Marco Trajano



Por: Elen Genuncio


A beleza e o glamour do Miss Brasil Gay com os debates e a festa do Rainbow Fest estão confirmados. Por conta da pandemia de Covid-19 e sem possibilidade de realização presencial, o evento acontecerá nos próximos dias 18, 19, 29, 21 e 22 de agosto em formato on-line, transmitidos gratuitamente pelo canal Miss Brasil Gay Oficial.


Elaborado em conjunto pelos organizadores do Miss Brasil Gay e Rainbow Fest, reúne artistas, misses, estudiosos, defensores dos direitos LGBTQIA+ e profissionais em uma superprodução. Começa com roda de conversa, passando por apresentação de vídeos, shows e performances, o concurso Miss Brasil Gay, terminando com uma Parada Gay Virtual e Madrinha Surpresa.


Michel Bruce, organizador do Miss Brasil Gay, explica que o objetivo do evento, que tem apoio da Lei Aldir Blanc, é manter atualizadas, nesse momento de pandemia, as temáticas LGBTQIA+ e o Miss Brasil Gay.


Queremos aproximar, mesmo que de forma remota, as misses, o público, os artistas e todas as pessoas que amam o Miss Brasil Gay, o maior concurso de beleza da Arte Transformista no mundo e patrimônio imaterial de Juiz de Fora’.

Rodas de conversa com tradução em Libras, shows e a parada gay são algumas das atrações do Rainbow Fest que, esse ano, fará uma homenagem especial a Marco Trajano, um dos grandes nomes do Movimento Gay de Minas - MGM, que faleceu recentemente.


Estamos aqui para realizar o desejo do Marquinho, pois ele queria muito que esse evento acontecesse e foi um dos seus idealizadores. Faremos uma grande festa, em sua memória e por todos os que defendem a causa LGBTQIA+’,
comenta Oswaldo Braga, um dos idealizadores do Rainbow Fest e companheiro de Trajano.

O Especial Miss Brasil Gay Rainbow Fest - uma realização do Miss Brasil Gay, do MGM e do GAG/MGM - Grupo de Apoio à Juventude Gay de MG - tem o incentivo da Lei Aldir Blanc; do Governo do Estado de Minas Gerais por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, e do Governo Federal por meio da Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo.


Programação:


18/08 – RODA DE CONVERSA: “A SIGLA LGBTQIA+ E SEUS DESAFIOS”

19h às 20h15

Moderador: Oswaldo Braga

Debatedores: Luiz Mott (professor, autor de 15 livros e decano do movimento homossexual brasileiro), Júlio Marinho (youtuber, blogueiro e ativista gay), João Marinho (jornalista, comunicado e pesquisador) e João Trevisan (jornalista, cineasta e dramaturgo)


19/08 – RODA DE CONVERSA: “O TURISMO LGBTQIA+ PÓS-PANDEMIA”

19h às 20h15

Moderador: Michel Brucce

Debatedores: Clóvis Casemiro (IGLTA - International LGBTQ + Travel Association), Marcelo do Carmo (secretário Municipal de Turismo de Juiz de Fora) e Wilson Silva (Pride Brasil)


20/08 – RAINBOW FEST

A partir de 20h: vídeos, shows e performances, apresentados por Nayla Brizard e participação em video de TITIago, Rei/Rainha do Orgulho Gay, que também assina a direção artística.

Shows: Dj Fábio Carvalho, Ursulla Scavollini, Theus. Vox, Julia Medeiros, DJ Mari Souza.


21/08 – RAINBOW FEST + MISS BRASIL GAY

A partir de 20h: vídeos, shows e performances, apresentados por Nayla Brizard e TITIago.

Shows: Nayla Brizard, DJ Ranges, TITIago e Wandera Jones.

A seguir, Miss Brasil Gay, com apresentação de Ikaro Kadoshi e Sheila Veríssimo e participação da atual Miss Brasil Gay Antônia Gutierrez.

Shows: Ikaro Kadoshi, Uatila Coutinho, Michelly X, Lizandra Brunelli, Ava Simões, Sheila Verissimo e Guiga Barbieri. A direção artística é assinada por André Pavam.


22/08 - PARADA GAY VIRTUAL

A partir 18h: vídeos, shows e performances, apresentados por TITIago com plateia virtual.

Shows: TITIago, DJ Coldhans, Bruno Narciso, Daniella Carraro, Drag Joane, Rayanne Ravell, Grupo de Dança Revolution, Uiara Cardinally, Wandera Jones e DJ Jee Am.


Transgênero vence o concurso de beleza


Kataluna Enriquez, 27 anos, é a mais nova Miss Nevada. Ela foi a grande vencedora da competição que aconteceu no dia 27 de Julho, no hotel -cassino South Point, em Las Vegas. Agora ela vai representar o estado de Nevada no concurso Miss EUA que será realizado em 29 de novembro e, vencendo, será a segunda competidora transgênero a se juntar ao concurso de Miss Universo, depois da espanhola Angela Ponce, em 2018.


Não tive a jornada mais fácil da vida. Lutei contra o abuso físico e sexual. Lutei com a saúde mental. Não tive apoio, mas ainda sou capaz de prosperar, e ainda sou capaz de sobreviver e me tornar um pioneiro para muitos. Para mim, o que importa é inclusão, diversidade e representatividade’,
afirmou Kataluna Enriquez em entrevista à KVVU-TV, ressaltando que começou a competir em concursos femininos no ano passado.
39 visualizações