• Pimenta Rosa

Morre em São Paulo o policial civil e influencer trans Paulo Vaz

Políticos e a Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra) lamentaram a morte do influencer, modelo e um dos poucos homens trans que trabalham na Polícia Civil



Morreu nesta segunda-feira (14/03) o modelo, influencer trans e policial civil de São Paulo, Paulo Vaz. O rapaz ficou conhecido por um dos poucos homens trans a trabalhar na Polícia. A causa da morte não foi informada pela Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra), que anunciou o ocorrido.


Ele era investigador da Policial Civil desde abril de 2018, na região da Grande São Paulo. Em 2018, ele deu uma entrevista ao G1 sobre a importância de apoiar e inspirar mais homens trans a seguir a carreira policial.


'Eu achava que encontraria muitas barreiras, mas fiquei bastante feliz e surpreso com a recepção dos meus colegas desde o começo. Eu já sabia que há diferença entre as instituições de Polícia Militar e Polícia Civil, mas eu fiquei bastante surpreso", disse Paulo Vaz na ocasião ao G1


A agência Mosaico, que gerenciava a carreira do policial, também anunciou a morte do influencer. Em publicação nas redes sociais, a empresa declarou estar de luto e disse que a história de Popó, homem trans gay na Polícia Civil de São Paulo, inspirou e encorajou muitas pessoas.


Já a Antra Brasil lamentou a perda de Paulo e publicou nas redes uma nota dizendo se solidarizar com a família e amigos de Popó, 'em especial ao querido Pedro HMC com o qual era casado' Em outra postagem, disse não ser 'hora de especular sobre a morte de Paulo' e pediu respeito a dor de quem 'perdeu um amigo, marido, filho e irmão'.


Políticos lamentam


O senador capixaba Fabiano Contarato (PT) lamentou a perda em suas redes.


'Com muita tristeza recebo a notícia da partida do querido Popó Vaz. Ativista e influenciador transexual, ele deu contribuição decisiva para a luta LGBT contra toda forma de preconceito. Meu abraço aos familiares e amigos. Que Deus nos conforte', afirmou Contarato.


Já a vereadora Érika Hilton (PSOL) também comentou nas redes a notícia da morte de Popó Vaz.


'Acabo de receber a notícia do falecimento do Paulo Vaz e estou devastada. Ele era muito querido e é uma tristeza que tenha nos deixado. Desejo muita força e solidariedade para toda a família e a todes nesse momento', frisou a vereadora de São Paulo.

154 visualizações