top of page
  • Foto do escritorPimenta Rosa

Morre Georgina Beyer, da Nova Zelândia, primeira deputada abertamente transgênero do mundo

Ela lutava há muito tempo contra uma doença renal, mas as declarações sobre sua morte não mencionavam a causa.



A neozelandesa Georgina Beyer, a primeira parlamentar abertamente transgênero do mundo e defensora incansável dos direitos LGBTQ, morreu aos 65 anos. Ela lutava há muito tempo contra uma doença renal, mas as declarações sobre sua morte, conforme Reuters, não mencionavam a causa.


Ex-trabalhadora do sexo, atriz e drag queen, Beyer foi eleita para o parlamento nacional em 1999, depois de vários anos como prefeita de Carterton, uma cidade rural na Ilha Norte do país. Foi deputada trabalhista até 2007.


Eleita Membro da Ordem de Mérito da Nova Zelândia pela Rainha Elizabeth II em 2020 por serviços prestados à comunidade do arco-íris, ela era conhecida por seu trabalho na legalização das uniões civis e do casamento gay, bem como na descriminalização da prostituição. Falando perante o parlamento sobre a questão da reforma da prostituição em 2003, ela disse:


'Eu apoio este projeto de lei para todas as prostitutas que já conheci que morreram antes dos 20 anos por causa da desumanidade e hipocrisia de uma sociedade que nunca daria eles a chance de resgatar quaisquer circunstâncias que os fizeram chegar a essa indústria.'




2 visualizações
bottom of page