top of page
  • Foto do escritorPimenta Rosa

Papa Francisco convida jesuíta americano pró-LGBT+ para Sínodo dos Bispos

Padre James Martin, conhecido por ser um dos maiores defensores dos direitos dos católicos LGBT+, recebeu convite do Papa para participar da discussão de assuntos ligados à Igreja e aos fiéis


Em mais uma mostra de que deseja deixar como legado a construção de pontes, o Papa Francisco convidou o padre jesuíta americano James Martin, defensor dos direitos dos católicos LGBT+, para o Sínodo dos Bispos, que ocorrerá em outubro. Além dessa pauta, a presença de mulheres com poder de voto na Igreja deve ser outro assunto debatido na ocasião.


Antes do sínodo, uma sondagem com católicos de diversos países indicou que os fiéis gostariam de ver atitudes concretas em relação à 'inclusão radical' da comunidade LGBT+. Ao longo de seu papado de 10 anos, Francisco, também jesuíta, mostrou que alcançar os católicos LGBT+ era uma prioridade. Uma das questões debatidas no sínodo será justamente como dar as boas-vindas a esse grupo na Igreja.


Francis DeBernardo, chefe de um grupo com sede nos Estados Unidos que defende os católicos LGBT+, chamou de esperançoso que Martin, assim como vários bispos americanos que expressaram abertura para melhorar a inclusão dos fiéis de orientações sexuais diversas, participem do encontro.

bottom of page