• Pimenta Rosa

Pesquisa inédita vai mapear a inclusão das pessoas LGBTI+ nas empresas brasileiras

Pioneiro no país, o estudo gratuito busca reconhecer as práticas das empresas com foco em ampliar a inclusão de pessoas LGBTI+ no local de trabalho; Levantamento pode ser respondido pelas companhias até dia 28 de fevereiro



O Instituto +Diversidade, iniciativa social da Mais Diversidade, consultoria que trabalha com diversidade e inclusão no contexto das organizações, se juntou em colaboração com a organização de direitos civis LGBTI+ dos EUA, a Human Rights Campaign, e o Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+, para trazer, pela primeira vez ao Brasil, o Índice de Melhores Lugares para Trabalhar do Programa Global de Equidade no Trabalho. O levantamento é a oportunidade para todas as empresas engajadas com as práticas de Diversidade e Inclusão avaliarem suas práticas internas, criadas para garantir ambientes mais inclusivos para pessoas LGBTI+. Os dados podem ser informados pelas empresas interessadas até dia 28 de fevereiro.

O Índice de Igualdade BR tem sido uma das ferramentas de análise corporativa mais influente para a promoção da equidade LGBTI+ nos Estados Unidos desde o início do anos 2000, e neste ano em que completa seu 20° Aniversário em território americano, segue com seu projeto de expansão na América Latina e a chegada no Brasil.

'A Human Rights Campaign uma das maiores organizações de defesa de direitos LGBTI+ dos EUA e do mundo, e suas pesquisas reúnem empresas que são referência neste tema. É uma satisfação muito grande do I+D estar construindo, junto ao Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+, pela primeira vez no Brasil um estudo dessa escala com a HRC', salienta João Torres, Presidente Executivo do Instituto +Diversidade e sócio da Mais Diversidade.

As empresas interessadas em participar deverão fazer por meio do sistema de pesquisa. As informações fornecidas resultarão em uma análise do mercado e as empresas que atingirem uma pontuação mínima comporão a listas de melhores lugares para pessoas LGBTI+ trabalharem no Brasil e receberão o selo Equidade BR

João também ressalta a importância das organizações entenderem que não é uma competição entre empresas: 'Nosso principal desafio é desmistificar essa questão do ranking. O papel do Instituto Mais Diversidade é incentivar todas as empresas a participarem e contribuírem com o mapeamento. Este índice vai espelhar o que as empresas já estão fazendo interna e externamente sobre a pauta de D&I, mas agora em uma escala nacional e pode trazer reflexões sobre como avançamos a pauta dentro das organizações e no mercado como um todo'.

O resultado do Índice de Equidade BR tem previsão de divulgação no dia/mês junho, quando se comemora o Mês do Orgulho LGBTI+.

As empresas interessadas em contribuir com o levantamento, podem acessar o estudo pelo site

24 visualizações