• Pimenta Rosa

VAGAS.com oferece curso online e gratuito para RHs com foco em contratação de pessoas trans

Programa está disponível na plataforma Colettivo a partir desta segunda-feira (31/01), reforçando a proposta de que a busca por oportunidade para trans precisa ser o ano todo



A plataforma VAGAS for business, solução tecnológica de recrutamento e seleção da VAGAS.com, passa a oferecer a partir desta segunda-feira (31/01), curso online e totalmente gratuito para RHs. O conteúdo estará disponível na plataforma Colettivo, dedicada aos RHs e que tem como objetivo estimular profissionais da área a adotarem práticas de diversidade e inclusão. O curso terá foco em contratação e inclusão de pessoas trans.

'Esses cursos pretendem auxiliar profissionais de RH a adotarem as melhores práticas para atração e retenção de talentos trans. A diversidade está na pauta de muitas empresas e temos como propósito fazer parte dessa jornada auxiliando as companhias com dicas e informações relevantes', conta Isabela Serpa, especialista de conteúdos da VAGAS.com.

Os cursos abordarão temas relacionados à D&I, abrangendo tendências do processo de recrutamento e seleção, como contratação e inclusão de pessoas trans; identidade de gênero; etarismo; inclusão racial; pessoas com deficiência; entre outros.

Os dois primeiros cursos da plataforma “Os Horizontes da Diversidade e Inclusão” (com duração de 2 horas) e “Vieses e os impactos na inclusão” (com duração de 3 horas), também são gratuitos e podem ser acessados por meio do endereço eletrônico.

Ao final de cada curso, os alunos terão um teste final para garantir que o conteúdo foi absorvido pelo participante, além de receberem um certificado de conclusão.

Confira outras informações sobre os cursos do Colettivo

O primeiro curso explora “Os Horizontes da Diversidade e Inclusão”, trazendo uma visão sobre tendências e os seus impactos na sociedade e nas organizações, possibilitando que alunos e alunas identifiquem quais se aplicam melhor em suas empresas. Será ministrado pelos professores Aldo Clécius, pós-graduado em Marketing e Moda, mestrando em Administração, e premiado pela Lei Adir Blanc pelo trabalho de inclusão e diversidade e empreendedorismo na área de Economia Criativa e Moda; e Samara Barbosa, educadora e cofundadora da Diversifica, parceira da agente de inclusão digital Tina Descolada. Coordenadora do curso de pós-graduação em Diversidade e Inclusão nas organizações em parceria com o Instituto Anima.

O segundo curso explora “Vieses e os impactos na inclusão”, que mostrará quais os vieses que temos e como eles podem impactar na gestão de pessoas, tanto em processos de recrutamento e seleção, como na gestão de desempenho, em treinamento e desenvolvimento, clima e promoção. O objetivo do curso é que alunos e alunas tenham maior propriedade sobre o tema para iniciar um processo de desconstrução dos seus vieses e para que possam ser cada vez mais justos desde o momento de contratação de profissionais, se estendendo ao longo de suas jornadas dentro das organizações. Será ministrado pela professora Patrícia Martins, designer organizacional e facilitadora para transformação cultural dos negócios; e pelo professor Beto Reis, educador, pesquisador, criador e coordenador há dez anos do projeto de extensão “Una-se contra a LGBTfobia”. Foi três vezes condecorado com o Prêmio Direitos Humanos e Cidadania LGBT. Mestre em Comunicação pela UFMG, é assessor de comunicação para ONGs e coletivos de Belo Horizonte e região.

A proposta é que no futuro a plataforma possa reunir diferentes cursos dentro do tema e ajude a acelerar a transformação dos ambientes de trabalho no Brasil.

Em pesquisas realizadas pela VAGAS.com ao longo de 2021 foi constatado que o RH tem um interesse genuíno para que esse cenário mude, mas ainda existe um grande gap na questão do conhecimento. Na mais recente, realizada em setembro e contando com a participação de 83 profissionais de RH, foi verificado que uma das maiores barreiras que impedem um rápido avanço no tema D&I estão atrelados a baixa prioridade nas lideranças (32,2%) e a falta de conhecimento (20,9%). A pesquisa também revela que obter conhecimento sobre o tema é importante para 10,9% dos respondentes e muito importante para 80,8% deles. Outro dado aponta que 30,1% das pessoas afirmam sentir falta ou muita falta (32,8%) de ter mais conhecimento sobre temas relacionados à Diversidade e Inclusão.

4 visualizações