• Pimenta Rosa

Veluma, uma estrela em ascensão

A drag queen está vivendo um dos melhores momentos de sua vida pessoal e profissional



2022 é o ano da drag queen Veluma. Neste mês de abril, ela lança seu segundo videoclipe e será o destaque da Grêmio Recreativo Escola de Samba Paraíso do Tuiuti, primeira escola do Grupo Especial a se apresentar no sábado (23/4), na Marquês de Sapucaí. Veluma vai representar a cantora e compositora Beyoncé, divindade da comunidade LGBTQIA+, a convite do carnavalesco Paulo Barros. Casada há 12 anos com Wagner, seu grande parceiro, ‘melhor coisa que me aconteceu, me apoia em tudo’, adianta que ainda no primeiro semestre fará um grande show, com direito a balé e telão. E estará no cinema: ‘Acabei de passar num teste para gravar um filme e, em breve, eu estou indo para as grandes telas também’.

Veja a íntegra da entrevista.


Pimenta Rosa - Conte-nos como nasceu a performer Veluma?


Veluma - A performance Veluma nasceu em 2002. Eu fazia escolas de dança e resolvi ir para uma boate gay com os amigos. Lá acontecia o show das drag queens, com balé e tudo mais e eu me encantei com aquele universo. Meses depois, me inscrevi no concurso de novos talentos dessa boate, fiquei em terceiro lugar. Era um concurso enorme, durava três meses, eram muitas concorrentes, eu consegui ficar em terceiro lugar e nunca mais parei de fazer shows.


Pimenta Rosa - Por que você adotou esse nome?


Veluma - Todas as drags tem um nome e eu precisava de um artístico, mas eu sempre pensei em apenas um nome, sem sobrenome, não queria, assim, Andressa Piovani. Eu queria um nome único, que fosse forte, bacana e não vinha nada em mente, mas eu precisava do nome para concorrer no concurso de novos talentos. Foi aí, na escola de dança, eu sentado na recepção, tinha umas revistas do lado e eu comecei a desfolhar as revistas, sem intenção nenhuma. Então vi uma matéria sobre a modelo Veluma (uma das primeiras negras nas passarelas brasileiras). Aí eu falei: ‘Nossa que nome legal, Veluma! E passei a adotar por conta da modelo Veluma, que é lindíssima.



Pimenta Rosa - Em 2016, você foi a segunda finalista do concurso 'A Melhor de 4' dentro do espetáculo Rival Rebolado?


Veluma - Sim, eu fui a segunda finalista, porque o concurso também levava um mês, se eu não me engano, mas eu fui a vencedora da primeira temporada do concurso do Rival Rebolado que é da Leandra Leal, fui a primeira rainha da Cinelândia.


Pimenta Rosa - No início de sua carreira durante o dia, você trabalhava como maquiador e à noite com shows. O que mudou de lá para cá?


Veluma - O que mudou de lá para cá é que hoje eu tenho a minha própria empresa. Eu com meu companheiro temos um restaurante. Eu ensaio para fazer performances, me apresentar nas boates à noite. Agora a gente está com novo trabalho, porque eu estou cantando e a gente está ensaiando já para começar com a turnê de shows com balé, enfim tudo isso. O que mudou é que hoje eu tenho uma empresa com o meu companheiro e a Veluma continua, mas num novo formato de shows. Eu no dublo mais as cantoras, eu canto as minhas próprias músicas.


Pimenta Rosa - Como foi e o que representou para você a participação na novela 'Salve Jorge', que estreou em outubro de 2012 na TV Globo?


Veluma - Foi maravilhoso poder ter feito, porque por conta da novela eu trabalhei muito. Várias portas se abriram, fiz muitos trabalhos. Poder dividir o camarim com Vera Fischer, Claudia Raia, Thammy Gretchen foi maravilhoso, uma experiência incrível e enriquecedora, sem sombras de dúvidas.


Pimenta Rosa - Em 2021, você lançou o videoclipe 'Surta Bebê'. Podemos dizer que 2022 é o seu ano, já que você está para lançar seu segundo clipe e em fase final do projeto que prevê um grande show ainda neste primeiro semestre?


Veluma - Exatamente, em 2021 nós lançamos o clipe 'Surta Bebê', e já estamos gravando o segundo clipe e, paralelo a isso, estamos ensaiando para o nosso show. Muito em breve já estaremos com a nossa turnê, rodando por aí.


Pimenta Rosa - Agora, nesta sua nova fase, você se encontrou como cantora?


Veluma - Sim, eu me encontrei como cantora, mas eu não gosto de rótulos. Eu acho que a gente que é artista tem que se jogar. Eu acabei de passar num teste para gravar um filme e, em breve, estou indo para as grandes telas também.


Pimenta Rosa - Quais são seus projetos futuros?


Veluma - O projeto para o futuro, que é um futuro bem próximo, é o nosso show pronto, com balé, com telão, um show bem legal mesmo, e eu venho também agora no desfile das escolas de samba, representando a Beyoncé. Olha que responsabilidade! Vai ser pela Tuiuti, vai ser bem legal. Eu recebi esse convite do carnavalesco Paulo Barros e obviamente que eu aceitei de cara. Então, eu venho caracterizada de Beyoncé na Tuiuti esse ano.



120 visualizações