top of page
  • Pimenta Rosa

Victória Dandara, primeira advogada travesti formada na USP, conquista lugar em instituições renomadas

Exemplo inspirador de superação e conquista, é a prova de que o apoio adequado contribuiu para a concretização dos sonhos mais ousados. Sua trajetória é um lembrete poderoso da importância da inclusão e do apoio às comunidades LGBTQIA+.



A jovem advogada e escritora Victória Dandara Toth Rossi Amorim, de 25 anos, está prestes a embarcar em uma nova fase de sua carreira acadêmica. Natural de Itaquera, Zona Leste de São Paulo, Victória foi aprovada em oito renomadas universidades dos Estados Unidos, incluindo a prestigiosa Universidade de Harvard. As universidades de Berkeley, Northwestern, Georgetown, Nova York (NYU), Columbia, Califórnia em Los Angeles (UCLA) e American University também estão entre as instituições que abriram suas portas para Victória, reconhecendo seu talento e potencial.


Esta conquista é apenas um capítulo recente de uma trajetória marcada por feitos notáveis. Em 2023, Victória Dandara tornou-se a primeira advogada travesti, socialmente assumida, a se formar na faculdade de Direito da USP. Além disso, ela lançou recentemente o livro 'Direitos da Esquina', pela editora Amanuense. Nesta obra, Victória compartilha suas experiências e aborda as potencialidades da advocacia trans na defesa dos direitos humanos.


'Aos 11 anos, já falava que queria estudar em Harvard, mas porque assistia isso nos filmes. Não tinha uma referência de fato, não conhecia alguém que tivesse estudado fora. Só quando cheguei à Fundação Estudar, como bolsista do programa Líderes Estudar, é que esse sonho se tangibilizou', conta Victória Dandara.


O Programa de Bolsas Líderes Estudar, que ajudou Victória em sua jornada, está com inscrições abertas até neste domingo (7/4). Além do suporte financeiro, os contemplados tornam-se parte de uma comunidade formada por 813 bolsistas que se destacam no mercado de trabalho, atuando em empresas renomadas como Brex, Meta, Google, Apple, XP e BTG Pactual. O programa oferece ainda mentorias exclusivas e acesso a uma rede de profissionais referência em diversos setores.


'Pessoas que não têm recursos, que vêm de grupos minorizados socialmente, como eu, devem sim ousar sonhar', afirma Victória. 'Ter essa audácia é a nossa maior ferramenta. E por isso mesmo devemos nos valer de todas as possibilidades ao nosso alcance, como fiz ao buscar o programa Líderes Estudar.'

コメント


bottom of page