• Pimenta Rosa

Espanha tira do ar propaganda da barra de chocolate Snickers por suposta homofobia

O comercial mostra um influenciador gay virando 'homem' ao experimentar uma barra de chocolate e completa com a frase 'você não é você quando está com fome'



Um comercial de TV de 20 segundos causou uma revolução na comunidade LGBTQIA+ da Espanha. O vídeo foi considerado extremamente homofóbico, ao apresentar um influenciador gay Aless Gibaja se tornando homem barbudo e de voz grossa ao comer uma barra de chocolates Snickers, produzido pela Mars. Para dar um tom ainda mais preconceituoso, ainda completa com a frase 'você não é você quando está com fome'.


Produzido pela agência de propaganda Contrapunto BBDO viralizou no Twitter na última quarta-feira (04/08), quando foi visto mais de um milhão de vezes. Por conta da mensagem, várias pessoas pediram o boicote ao chocolate, que não está em sintonia com o conceito de diversidade tão forte no mundo.


'Nossa sociedade é diversa e tolerante. Esperamos que aqueles que têm o poder de tomar decisões sobre o que vemos e ouvimos em comerciais e programas de TV também aprendam a ser tolerantes', disse Irene Montero, ministra da igualdade da Espanha, à BBC de Londres.


A Snickers Espanha se pronunciou sobre o comercial, afirmando que estava excluindo o vídeo e pedindo desculpas por 'qualquer mal entendido' que possa ter causado. A empresa frisou que leva a inclusão e os direitos iguais a sério e querem ajudar na construção de um mundo onde todas as pessoas possam ser elas mesmas.


Campanha polêmica também no Brasil


Em 2018 a Mars já tinha lançado, pela sua marca Snickers, um comercial onde a estrela Cláudia Raia aparecia como o garoto transformado pela fome. Na ocasião a propaganda foi considerada machista, por associar o 'chilique' a uma imagem feminina, mas a propaganda não chegou a ser retirada do ar.



20 visualizações