• Pimenta Rosa

P&G organiza um evento virtual gratuito para comemorar a diversidade

Conferências e testemunhos pessoais fazem parte do evento que visa promover a sensibilização para as necessidades da comunidade LGBT na área corporativa



Nesta quinta (27) e sexta-feira (28/05) acontecerá o GABLECON21, evento organizado pela Procter & Gamble (P&G) para celebrar a diversidade e promover a inclusão da população LGBTI +. A iniciativa reforça o compromisso da empresa em desenvolver um mundo livre de preconceitos, onde todos, independentemente da orientação sexual, tenham acesso às mesmas oportunidades. Devido à situação de pandemia, o evento será realizado pela primeira vez virtualmente e será aberto a todos os públicos. Nos dois dias, a atividade terá início às 11h e terminará às 14h.

O programa foi especialmente elaborado como plataforma para pessoas LGBTI + e incluirá depoimentos de funcionários, além de compartilhar iniciativas e perspectivas da empresa sobre como acelerar a equidade e a inclusão. Entre os participantes destaca-se a participação da Ângela Ponce, modelo e ex-participante do Miss Universo que se tornou referência mundial por ser a primeira mulher trans a ganhar o concurso de beleza mais importante da Espanha, e a cantora e ativista trans brasileira Liniker, de 24 anos.

'A comunidade LGBTI + é uma fonte constante de novas ideias, pensamento estratégico, excelência e melhoria. Poder nos reunirmos como uma comunidade todos os anos em eventos como o GABLECON nos permite acelerar o progresso em direção à equidade e inclusão dentro da empresa e fortalecer nosso papel como agentes de mudança no mundo externo', comentou Juan Fernando Posada, presidente da P&G para a América Latina América.

Os interessados ​​podem se inscrever em https://pglagablecon.com/registro. Haverá legendas ao vivo durante as palestras e depoimentos pessoais.


P&G lança o movimento #PrideSkill


A P&G anunciou a criação do movimento #PrideSkill, que tem como objetivo facilitar a busca por profissionais LGBTI+, os encorajando a incluírem “Pride” como uma competência em seu perfil profissional no LinkedIn. A iniciativa conta com o apoio do Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+ e foi desenvolvida em parceria com a agência de publicidade Grey Brasil.

Nos últimos anos, muitas empresas passaram a implementar políticas de inclusão de minorias políticas, mas, muitas vezes, quando uma empresa necessita ir ao mercado para encontrar profissionais, a busca se torna um desafio, uma vez que, não há maneiras de identificar se uma pessoa é LGBTI+ só pela foto ou nome no currículo.

Sendo assim, a P&G, com o apoio do Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+, quer encorajar as pessoas a se identificar como LGBTI+ e incluírem “Pride” como uma competência em seu perfil profissional. Desta maneira, os recrutadores conseguirão encontrar esses profissionais muito mais facilmente, além de dar total visibilidade aos membros da comunidade e gerar uma onda de postagens e compartilhamentos cheias de orgulho.


O Movimento #PrideSkill busca impactar positivamente a sociedade, atribuindo um novo olhar para a presença de profissionais LGBTI+ no mercado de trabalho e mudar as regras do jogo no mundo dos negócios, facilitando o encontro de profissionais e empresas inclusivas. A iniciativa surgiu através do pilar de afinidade LGBTI+ da companhia, o GABLE (Gay, Ally, Bisexual, Lesbian & Transgender Employees), originado em 2010 no Brasil com o objetivo de criar um ambiente inclusivo em que funcionários se sintam seguros, valorizados e aceitos, fazendo com que eles consigam performar ao seu máximo.

'Não vamos descansar até conseguirmos fazer uma diferença real na vida das pessoas e seguiremos nossa trajetória intencional em busca de um mundo em que todos possam prosperar independente de orientação sexual, identidade de gênero, etnia, cultura e outros aspectos que nos tornam únicos', disse Juliana Azevedo, Presidente da P&G Brasil.

'A maioria das pessoas LGBTI+ ainda se sentem tolhidas nos seus ambientes de trabalho ou até mesmo com acesso restrito de determinados espaços considerados corporativos. Promover a empregabilidade de pessoas LGBTI+ é uma das razões de existência do Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+. Entendemos que a promoção do acesso a renda por meios variados, não apenas o emprego, exige compromisso com o enfrentamento da LGBTI+fobia. São atitudes como a da P&G que inspiram outras empresas a se engajarem em uma agenda positiva e responsável, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico, político e cultural da sociedade', afirmou Reinaldo Bulgarelli, Secretário Executivo do Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+.

'A Grey conta com um time muito diverso em gênero, etnia e orientação sexual, e por isso o processo criativo foi super natural. Nosso maior objetivo é iniciar um movimento em que empresas fortaleçam suas políticas de inclusão. Queremos incentivar as pessoas a terem orgulho de mostrar quem são, sem medo. Começar com uma empresa do tamanho da P&G, é só um incentivo ainda maior para acreditar que outras marcas vão se unir a essa campanha', complementou Guilherme Rex, Diretor de Criação da Grey Brasil.

Para saber mais, acesse try.descubrapg.com.br/prideskill/.


Sobre o Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+


Criado em março de 2013, o Fórum é movimento empresarial com atuação permanente reunindo grandes empresas em torno de dez compromissos com a promoção dos direitos humanos LGBTI+. O propósito do Fórum é articular empresas em torno do compromisso com o respeito e a promoção aos direitos humanos LGBT+ no ambiente empresarial e na sociedade. Além de eventos periódicos para compartilhar as melhores práticas das empresas signatárias, fomentar o respeito à diversidade sexual e identidade de gênero e abrir espaços para diálogos entre empresas e a comunidade, os '10 Compromissos para a Promoção dos Direitos LGBTI+', expressam o entendimento sobre o papel das empresas e uma agenda de trabalho.

25 visualizações