• Pimenta Rosa

Vereadora Benny Briolly denuncia o deputado Rodrigo Amorim por racismo e transfobia

A parlamentar esteve nesta sexta-feira (20/05) na sede da Decradi, onde prestou queixa contra o deputado que, no Dia Internacional de Combate à LGBTfobia ofendeu a vereadora



Nesta sexta-feira (20/05), a vereadora Benny Briolly (PSOL) denunciou o deputado Estadual Rodrigo Amorim (PTB) pelos crimes de racismo e transfobia, na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância - DECRADI.


Na última terça-feira (17), em sessão ordinária na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, (ALERJ), Rodrigo Amorim chamou a vereadora trans Benny Briolly de “boizebú, que é uma aberração da natureza, aquele ser que tá ali, um “vereador”, homem, pois nasceu com pênis e testículo, então é homem”.


Eleito em 2018, o deputado, que chegou a quebrar a placa de Marielle Franco naquele mesmo ano, tem histórico polêmico em seu mandato desde quando propôs PL que pedia anistia de ex-PMs envolvidos com a milícia.


Nas redes sociais, o deputado Rodrigo Amorim voltou a atacar a vereadora Benny Briolly a chamando no masculino e de “machão”. A vereadora respondeu dizendo que ele terá que cumprir a lei e será punido.


A delegada titular Débora Rodrigues disse que encaminhará com celeridade o caso a Procuradoria Geral de Justiça - PGJ que é o órgão que possui atribuição para investigar o deputado estadual Rodrigo Amorim.


A equipe Jurídica da vereadora junto ao Instituto de Defesa da População Negra - IDPN seguirão acompanhando a investigação.



1 visualização