top of page
  • Foto do escritorPimenta Rosa

Entenda o que é ser um 'conversante' e outros 3 termos do amor para não errar no flerte

Saiba como classificar o status do relacionamento para conquistar a pessoa que você deseja



O termo 'conversante' é apenas mais uma palavra que parece inventada para organizar as relações afetivas, mas o que isso significa não é novidade, pois antes do termo surgir, existe a prática. A diferença é que agora tem um nome, e significa uma pessoa com quem se pode conversar sobre tudo; o tipo de companhia que faz o outro se sentir à vontade. Pode até ser que no passado tenha havido um relacionamento, mas a intenção não é ficar, mas apenas ter alguém para conversar sobre a vida.

Esse é mais um dos conceitos criado para organizar as relações, ajudando a definir o status de cada 'contatinho'. Para algumas pessoas pode parecer um conceito novo, ou estranho, talvez desnecessário em certa medida, mas, considerando que todos vivem em um mundo onde antes de tomar qualquer decisão, as pessoas têm a disposição várias opções.

Segundo Maicon Paiva, Fundador da Casa de Apoio Espaço Recomeçar, a criação de rótulos é uma prática que conversa muito com a forma com que a vida em sociedade se moldou nos últimos anos.


'Diferente do que acontecia nos relacionamentos no passado, onde uma única pessoa deveria servir para todas as necessidades afetivas, atualmente, com a facilidade de encontrar parceiros, as pessoas buscam pelas duas coisas, liberdade e fluidez. Isso leva o relacionamento para vários caminhos, onde é possível ter uma pessoa que ofereça conforto, uma outra experiência da vida de casal, ou apenas prazer, e o conversante pode ter uma dessas utilidades', diz o especialista.

Classificar relações é algo feito não apenas no amor, mas com qualquer pessoa que encontramos na vida. Mas, falando de relacionamentos amorosos, é comum começarem como amizade. Uma pesquisa publicada na revista Social Psychological and Personality Science, mostra um estudo feito com 1900 pessoas dos Estados Unidos e Canadá, entre universitários e adultos de todas as idades, descobrindo que 66% dos casais começaram a se relacionar apenas como amigos, antes de se tornarem parceiros amorosos.

Socialmente, a criação de rótulos sempre serviu para nomear as coisas e através deles os explicar para os outros, e para si mesmo, sentimentos e ideias. Quando se trata de relacionamentos, o status é muito importante para saber o que esperar de cada pessoa, como, por exemplo, de um conversante não criar expectativa de um grande convite, por não ser um 'ficante premium'. Para evoluir a relação, e ajudar as pessoas que estão enroladas em relações e querem evoluir, Maicon Paiva fala sobre como evoluir cada status de relacionamento em algo sólido:

1.Conversante: Uma pessoa que é uma boa ouvinte, sabe dos problemas da sua vida, e geralmente é quem você pede ajuda em situações que precisa tomar decisões importantes.


Como evoluir a relação?: Não tem mistério. Como o conversante é alguém que já conhece a sua intimidade por falarem sobre tudo, pode ser alguém com que já houve relações, basta falar o que sente;

2.Ficante comfort: Essa é a pessoa que está sempre disponível para você quando bate o sentimento de carência; é alguém por quem nutre um sentimento de afeto, mas não chega a ser um sentimento forte como a paixão, mas fornece a sensação de conforto.


Como evoluir a relação?: O ficante comfort é o tipo de pessoa que muitas consideram, inicialmente, o 'plano B', mas não é pouco comum que se transforme no plano A. Esse tipo de rótulo tem como característica uma pessoa com quem você tem uma química legal, e que parece complementar o seu tipo de personalidade, por isso, consegue oferecer conforto. Nesse caso, se decidir transformar isso em uma relação séria, será mais simples, pois a conversa, que muitas vezes é complicada, será mais fácil pela sensação de comodidade e bem-estar;

3.Ficante premium: É a pessoa que você mais gosta, quem deseja investir sério para solidificar a relação, porém, ela pode não estar com a mesma intenção. A pessoa até pode parecer demonstrar interesse, mas não se esforça muito, responde às mensagens com poucas palavras, é bem direta. Eventualmente, até pode acontecer algo entre vocês dois, mas nunca é nada muito sério, ela não dá indícios de que vocês tem um futuro juntos.


Como evoluir a relação?: Entre todos os tipos de relação, esse é o mais complicado, pois existe a chance das conversas com o ficante premium se tornarem ilusões, levando você a investir em um sentimento que pode não ser recíproco. Neste caso, saber quando falar o que sente é mais complicado, pois o momento certo para essa conversa não aparece. O jeito de evoluir essa relação em algo sólido é tentar se aproximar mais do ficante premium e mostrar para ele a possibilidade de terem um futuro juntos. Mas, pela dificuldade, será necessário saber lidar com frustração e, independente da resposta dele, não esqueça de se valorizar;

4.Ficante versão remixada: Aquela pessoa que aparece e do nada some, mas sempre volta diferente. Toda vez parece que está mudado e sempre que isso acontece, parece que 'agora vai ser diferente', mas é tudo sempre igual.


Como evoluir a relação? Esse tipo de relação precisa ser muito bem avaliada para saber se tem futuro, pois esse tipo de ficante é como uma embalagem diferente que vem do mesmo produto. Não se deixe enganar pela criação de falsas esperanças, pois a chance de se iludir é muito grande. A forma mais eficiente de evoluir neste caso é dando para essa pessoa um prazo para decidir o que quer da vida. Caso isso não seja feito, o comum é que você se veja presa em uma relação cheia de idas e vindas, gerando atraso de vida e falta de perspectiva real de ser amada.

bottom of page