• Pimenta Rosa

Renata Carvalho lança livro com a dramaturgia da peça Manifesto Transpofágico em quatro línguas

Publicação produzida pela Editora Monstra terá lançamento e coletiva de imprensa na Biblioteca Mário de Andrade, em São Paulo, no dia 06 de Abril



Encenado desde 2019, o texto Manifesto Transpofágico acaba de virar livro. Escrita pela atriz, diretora e dramaturga Renata Carvalho, a obra narra a história do corpo travesti em um monólogo. O livro, publicado pela Editora Monstra (iniciativa editorial da ONG Casa 1), conta com uma edição bilíngue (inglês e português) e ainda duas brochuras extras, com o texto em espanhol e francês. O lançamento, com sessão de autógrafos e coletiva de imprensa, acontecerá no dia 6/4 (quinta), na Biblioteca Mário de Andrade, em São Paulo. A partir das 17h, Renata recebe jornalistas para um bate-papo e, a partir das 19h, o evento é aberto para o público em geral.

“O texto é uma colagem da minha pesquisa, os livros da minha travesteca. É uma forma de registrar como memória para que isso vire história, para que as pessoas saibam que em 2022 tinha uma travesti fazendo um espetáculo, que esse espetáculo tinha uma pesquisa aprofundada, uma transpofagia”, destaca Renata.


O livro acompanha texto introdutório de Jaqueline Gomes de Jesus e narra o nascimento dos corpos travestis, mostrando a construção social e a criminalização que os permeiam, do imaginário à concretude. Essa pesquisa, chamada de Transpologia, foi iniciada em 2007, quando Renata Carvalho tornou-se Agente de Prevenção Voluntária de ISTs, Hepatites e Tuberculose. Por 11 anos, ela trabalhou especificamente com travestis e mulheres trans na prostituição, em Santos (SP). A partir dessa experiência, em 2012, ela leva aos palcos o solo Dentro de Mim Mora Outra, no qual contava sua vida e travestilidade. Desde então, vem reunindo histórias, filmes, livros e peças de teatro sobre o tema.

SINOPSE


Manifesto Transpofágico é a transpofagia da transpologia de uma transpóloga. “Hoje eu resolvi me vestir com a minha própria pele. O meu corpo travesti”. Renata “se veste” com seu próprio corpo para narrar a historicidade da sua corporeidade. Renata se alimenta da sua “transcestralidade”. Come-a, digere-a. Uma transpofagia. O Corpo Travesti como um experimento, uma cobaia. Um manifesto de um Corpo Travesti. Letreiro pisca TRAVESTI. TRAVESTI. TRAVESTI.

FICHA TÉCNICA


Autoria: Renata Carvalho

Tradução para o inglês: Thompson Dias Loiola e Gabriela Sampaio

Tradução para o espanhol: Rosangela F. Eleutério

Tradução para o francês: José Luis Pereira de Sousa

Diagramação:

Revisão: Renato Barreto

Projeto gráfico: Bruno O.

Foto da capa: Nereu Jr.

Colagens e ilustrações: Marcelo X

Produção executiva: Rodrigo Fidelis (Corpo Rastreado) e Jjoão Paes

Assessoria de imprensa: Brenda Amaral

Fotos: Flávio Teperman / Ligia Jardim

A publicação foi realizada pela Casa 1 e impressa em janeiro de 2022, em São Paulo.

SERVIÇO


O que? Lançamento do livro Manifesto Transpofágico, de Renata Carvalho.

Quando? 6/4, quarta, às 17h para a imprensa e às 19h para o público em geral.

Onde? Biblioteca Mário de Andrade - R. da Consolação, 94 - República, São Paulo - SP.

Para entrar na biblioteca, é necessário apresentar comprovante de vacinação contra a Covid-19.

Quanto? Evento gratuito, com venda de livros:

Edição bilíngue: de R$20,00 a R$40,00

Brochuras em espanhol e/ou francês: de R$10,00 a R$20,00

Os preços variam, pois cada pessoa poderá escolher com qual valor contribuir.

SOBRE A CASA 1 e a EDITORA MONSTRA


A Casa 1 é uma organização localizada na região central da cidade de São Paulo e financiada coletivamente pela sociedade civil. O trabalho engloba três frentes de atuação: a república de acolhida para pessoas LGBTQIA+ expulsas de casa; o Galpão Casa 1 e a Clínica Social Casa 1.


A Editora Monstra é uma Iniciativa editorial da ONG, que tem como propósito documentar e fazer circular pensamentos produzidos por pessoas LGBTQIA+. Saiba mais em monstra﹒casaum﹒org


Este projeto foi contemplado pelo Edital PROAC nº 21/2020 - Primeiras obras de produção e publicação de obras teatrais inéditas para autores com anuência de editoras no Estado de São Paulo (Pessoa Física), uma iniciativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

37 visualizações