• Pimenta Rosa

Femme QG torna-se espaço de boa música e segurança para as meninas em Copacabana

O Femme QG acontece aos sábados, no QG Pub, na Avenida Princesa Isabel, mas sem preconceito. Mulheres cis também são recebidas com o mesmo respeito e carinho



Há muito fazia falta no Rio de Janeiro um espaço voltado à comunidade lésbica. A Boate Marrakesh, na Avenida Princesa Isabel, 185, em Copacabana, decidiu abrir um espaço para elas aos sábados, mas sem preconceito. Embora seja um evento LGBT, serão aceitas também mulheres cis, que queiram apenas curtir uma festa sem assédio, mas com muita alegria.


'A Femme QG partiu de uma demanda reprimida que sentimos no Rio de Janeiro. Sentíamos a falta de um cantinho exclusivo para mulheres lésbicas. A ideia é reunirmos meninas de toda cidade, com música, bons drinques e boa comida. Todos os sábados, uma cantora LGBTQIA+ é convidada a se apresentar ao vivo. DJs também animam as noites', disse a produtora Juliana Maddeira ao jornal O Globo.


No cardápio, os drinques fazem referência a cantoras assumidamente lésbicas, como Cássia Eller, Daniela Mercury, Adriana Calcanhoto, Lan Lahn e Ana Carolina. Há também mensagens sugestivas e espirituosas, como forma de fazer com que as frequentadoras possam interagir. Num doa bilhetes, por exemplo, pode-se ler 'Coração partido se cola com velcro'. Nas paredes também está escrita a palavra Sapatão, em neon.

106 visualizações